sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Jean-François Millet, Pastora com o seu rebanho, 1864.

Um rebanho pasta ao entardecer: terras abençoadas pela saciedade. Sono leve, sono leve.

Sem comentários: