segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Emily Dickinson VI

THESE are the days when Birds come back -
A very few - a Bird or two -
To take a backward look.

These are the days when skies resume
The old - old sophistries of June -
A blue and gold mistake.

Oh fraud that cannot cheat the Bee,
Almost thy plausibility
Induces my belief.

Till ranks of seeds their witness bear-
And softly through the altered air
Hurries a timid leaf.

Oh, sacrament of summer days,
Oh, last communion in the Haze -
Permit a child to join.

Thy sacred emblems to partake -
Thy consecrated bread to take
And thine immortal wine!

*

Estes são os dias em que os Pássaros regressam –
Pouquinhos – um Pássaro ou dois –
Para darem uma olhada no que ficou para trás.

Estes são os dias em que os céus retomam
Os velhos – os velhos sofismas de Junho –
Um equívoco dourado e azul.

Oh fraude que não engana a Abelha –
Quase que a tua verosimilhança
Induzia a minha crença.

Até que renques de sementes dão o seu testemunho –
E suavemente pelo céu revolvido
Apressa-se uma folha tímida.

Oh Sacramento dos dias de verão,
Oh Última Comunhão na Névoa –
Deixai que uma criança se junte.

Dos vossos emblemas sagrados partilhar –
Do vosso pão consagrado repartir
E do vosso vinho imortal!

Emily Dickinson
-trad. minha

1 comentário:

Luís Costa disse...

Gostei muito. Bela trad., poeta. Abraço. Firme.