sábado, 7 de setembro de 2013

Cada vez mais e mais campo lavrado, mais e mais terra revolvida: os homens preparam já a sua ofensiva à Primavera. Também eu penso que a posse é uma devastação e desconfio de tudo o que germina espontaneamente. Não há génio onde o génio não pôs a mão.

Sem comentários: