segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Philip Larkin (I)

Coming

On longer evenings,
Light, chill and yellow,
Bathes the serene
Foreheads of houses.
A thrush sings,
Laurel-surrounded
In the deep bare garden,
Its fresh-peeled voice
Astonishing the brickwork.
It will be spring soon,
It will be spring soon -
And I, whose childhood
Is a forgotten boredom,
Feel like a child
Who comes on a scene
Of adult reconciling,
And can understand nothing
But the unusual laughter,
And starts to be happy.


*

A chegar

Em noites demoradas,
A luz, amarela e fria,
Banha as serenas
Frontarias das casas.
No jardim abandonado,
Um melro canta
Cercado pelos loureiros,
A sua voz acabada de moldar
Deslumbrando a alvenaria.
Logo virá a Primavera,
Logo virá a Primavera –
E eu, cuja infância
Foi um olvidado tédio,
Sinto-me como uma criança
Que chega a um quadro
De adultos reconciliando-se,
E nada percebe além
Da invulgar boa disposição,
E começa a sentir-se feliz.

Philip Larkin, The Less Deceived
- trad. minha

Sem comentários: