quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Pormenor da Catedral Notre Dame de Paris

Para me salvar,
esperei até petrificar o coração.
Ainda espero:
aqui não há lugar para gárgulas envenenadas.
Sacré-Coeur

À saída o mendigo
pedia com a mão de Deus.